segunda-feira, 4 de maio de 2009

A um passo da loucura



(Raquel Pereira)

A um passo da loucura estamos nós pobres mortais.
A um passo da loucura homens, mulheres,
mães e pais.
A um passo da loucura filhos e filhas sem perceber,
a ausência do seu lar.
A um passo da loucura no fechar de nossos olhos está a nossa alma,
que deve ser protegida de todos os pensamentos,
que nos deixam a um passo da loucura.

A um passo da loucura, estão todos os sãos,
todos os quais passam pela dor sem nada sentir.
A um passo da loucura estão aqueles olhos que nunca souberam amar se não a um espelho.
A um passo da loucura estão aqueles corações que não amaram sequer outro ser além de si.
A um passo da loucura estão os que não riem.
A um passo da loucura estão os que não sabem chorar.
A um passo da loucura estão aqueles que não sabem perder.
A um passo da loucura está quem nunca escreveu.
A um passo da loucura está quem nunca em um teatro se meteu.
A um passo da loucura está quem de utopia nunca viveu.

Talvez seja para fugir dela que as pessoas escrevam poemas, cantem canções, pintem quadros, ou simplesmente amem.
Pois em meio a arte a psique encontra descanso, desabafo dos gritos constantes, gritos que ecoam no silêncio dos travesseiros.

A um passo da loucura talvez esteja eu ou você?


Obs: a ordem da frase final foi trocada de propósito, para causar um impacto melhor, seguindo as normas seria "você e eu", mas como poetisa dou-me o direito a driblar as normas, mas sim estando consciente delas, esclarecendo aos leitores.

2 comentários:

Alda disse...

A um passo da loucura vivemos todos os dias em busca de sobriedade,
como pano de fundo dizemos que somos todos insanos, que graça teria a vida se não houvesse uma pitada de loucura.

Minha linda Poetiza sucesso nessa empreitada, que a arte da poesia seja seu encanto, pois percebo a delicadeza das suas palavras realmente tem alma de artista!!!
BJO BJOs e bJOs

Branca disse...

Raquel,

Adorei seu blog, o template tah divino e seus textos perfeitos. Esse em especial pra mim tocou profundamente!

"Talvez seja para fugir dela que as pessoas escrevam poemas, cantem canções, pintem quadros, ou simplesmente amem.
Pois em meio a arte a psique encontra descanso, desabafo dos gritos constantes, gritos que ecoam no silêncio dos travesseiros."

Perfeito.

Deixoi aqui meu convite pra conhecer o meu blog tambem.

bjos