sexta-feira, 13 de março de 2009

Felicidade da alma


(Raquel Pereira)

Se eu pudesse dizer sobre os meus sonhos e desejos, diria meus caros que todos os dias percorridos foram em busca da felicidade.
Não de uma felicidade de risos e sorrisos,
mas sim da felicidade da alma.
Pois o que da boca vem logo passa,
mas o que entra na alma permanece eterno.

3 comentários:

Flavinha disse...

Nossa ! Que lindo Raquel . Adorei este poema!

. Seu Blog está de Parabéns!

Ass: Flavinha .

Anynha ^^) disse...

Mtas vezes os labios ñ demostram td q o coração senti..Posi eles nunca seriam capazes de tal feito...

Juliana disse...

Minha flor ...eu adorei em especial esse poema. Claro que todos são lindos, mas há sempre algum que te toca de forma diferente, foi oq aconteceu.
Peço sua permissão para que esse possa representar ao lado de uma foto em que estou com meu amor, para simbolizar os lindos anos que passamos juntos.

Bjokas ...Ju!!