segunda-feira, 13 de julho de 2009

Sem medo

(Raquel Pereira)

Medo do tempo, hoje há somente fragmentos,
do que antes me era obscuro, de um caminho perdido, sem cor e vazio.

Não faço tudo tragédia, é o começo.
Não me importo com o cansaço, sei que agora tenho de ir em frente.

Já passou a hora de parar, de fugir do futuro certo.
Agora já não há mais o que pedir para esperar,
a única escolha é seguir sem medo,
para chegar ao caminho certo da vitória.

Um comentário:

Amandaa, disse...

muuito boa :)
adoreei mesmo!
by~amanda